Dynamic Featured Image

Sândalo Indiano

Na Índia o sândalo é considerado sagrado e seu corte é permitido apenas a partir dos 30 anos, quando a árvore começa a morrer naturalmente.

 
 
A designação de madeira de sândalo (árabe sandal, lat. lignum santalinum, lignum santali) foi usada no decorrer da história para diferentes tipos de árvore consideradas como valiosas para a obtenção de essências, para trabalhos em madeira e artigos de luxo.

 
Distingue-se o sândalo branco do Oriente (Santalum album), que cresce em Timor e outras ilhas, assim como na costa de Coromandel, do (Amyris balsamifera) do Caribe (Jamaica), do norte da América do Sul (Venezuela)  e da África (Padouk). 


É uma árvore semi-parasita, nativa de áreas semi-áridas da Índia. Atualmente é plantada na India, China, Sri Lanka, Indonesia, Malasia, Filipinas e Australia.  



O Sândalo, de nome científico Santalum Album, é uma árvore origninária do Sudeste Asiático, pertencente à família das Santalaceae e é também conhecido como sândalo branco ou sândalo indígena. Trata-se uma planta medicinal cuja madeira é aromática e bastante útil para esculturas, dela também é possível extrair óleos vegetais essenciais, estes óleos são voláteis e muito usados na área da perfumaria.     

 
 
 

Cadastre-se e receba nosso informativo:

 

 

© 2015 Punarud'dhara | Web design: O Tao do Site